Protocolo de Reabilitação de Ligamento Cruzado Anterior ( 21/10/2003 )

1 a 2 semanas

Ganho de arco de movimento, ADM : extensão passiva completa
Controle de dor e edema
Mobilização de patela
Estimulação elétrica de qradríceps
SLR sem carga
Exercícios de tomozelo , dorso-flexão e flexão plantar com thera band
Muletas, carga parcial
3 a 4 semanas 
ECCA 90 – 60 graus sem carga
SLR com carga leve
ADM ativa 0 – 1 15 graus
Bicicleta sem carga
4 a 6 semanas 
Liberação de muletas quando estiver com extensão total ,sem edema
e flexão minima de 90 a 100 graus
ECCF 0 – 45 graus
ADM 0 – 130 graus
ECCA 90 — 60 com carga leve
Propriocepção bipodal: cama elástica (transferência de peso), prancha de equilíbrio
Dirigir automóveis
a 9 semanas 
Aumentar gradualmente o peso nos ECCA – limite 4,5 Kg
Propriocepção unipodal quando tolerar carga sem dor, edema ou instabilidade,
Acrescentar exercícios de perturbação
Step não deve ultrapassar a 20 cm
Exercícios para musculatura estabilizadora do MI: abdomem,
Abdutores do quadril, isquiotibiais e panturrilha
9 a 12 semanas
Continuar ECCA podendo fazer mesa extensora entre 90 — 60 graus e flexora 0 — 90
Continuar ECCF : step, Leg-press, cadeira imaginária
Bicicleta com carga
Caminhada na esteira
Leg-press unipodal
a 4 meses
Propriocepção com obstáculos
lntensificar reforço muscular
Corrida na esteira (1,5 a 3Km) quando estiver com 70% da força de quadriceps.
4 a 5 meses
Iniciar exercícios pliométricos
Corrida na pista quando estiver correndo na estereira 3Km sem dor,edema ou instabilidade

 

a 6 meses 
Pliométricos unipodal
Treino de agilidade: deslocamento lateral, corrida com paradas e mudança de direção

 

6 a 8 meses 
Treino especifico para o esporte
Continuar progredindo a força do MI
Intensificar treino de agilidade e corrida
Retomo ao esporte progressivo.